04 abril, 2011

É cada uma que a gente escuta + pais sem noção

Cenário: Escolinha do Rafa, reunião de pais do maternal II (de crianças que completam 2 anos esse ano)
Horário: Quase 9 e meia da noite (sendo que a reunião havia começado às 7)
Personagens: Um bando de pais tagarelas, empolgados, aquela coisa de pais novos que estão levando os filhos pra escola pela primeira vez

Depois de muitos assuntos relevantes discutidos e muitas abobrinhas e gracinhas dos pais presentes, a diretora pedagógica da escola estava explicando como proceder pra tirar a fralda das crianças. Que tem que ser feito com jeito, firmeza, que é um período complicado, e tal, eis que um pai, daqueles fortões, levanta o braço e comenta:


- Em casa temos dois dogues alemães de 80 quilos cada um. Eles são adestrados e entendem 28 comandos em alemão. Então eu e minha esposa chegamos à conclusão que se a gente conseguiu adestrar nossos cachorros poderíamos adestrar nossa filha também! Tiramos a fralda dela em 6 dias! A gente só coloca ela no penico e diz que se ela fizer xixi ela ganha uma bolacha de morango que ela gosta. É igual com o cachorro, ganha a recompensa se fizer direitinho. E funcionou, em 6 dias ela já não usava mais fraldas.


E eu fico pensando... que a menina deve correr pra fazer xixi umas 30 vezes por dia, só pra ganhar a bolacha. Ela não aprendeu que tem que fazer xixi no penico porque é assim que se faz. E se eles agirem sempre assim provavelmente ela só vai obedecer se ganhar algo em troca, só vai passar no vestibular se ganhar um carro, e assim por diante. Enfim, cada um sabe o que faz com a educação dos filhos (ou não).

6 comentários:

Denis disse...

É muita falta de noção... E o que não falta hoje em dia são pais sem noção... E o pior é que a gente vai ficar na mão dessa geração sem noção quando a gente ficar velhinho!!

Dri disse...

Pela mãe do guarda!!!!
Só pelo fato do cara dizer "adestrar nossa filha"... barbaridade.

Sem palavras! Total!

Je disse...

É cada um q aparece, e nem tem vergonha de falar...
A pedagogo falou algo?

Saudade das suas histórias...

Silvia disse...

Isso é coisa que se fale (e faça)?

Então o Rafa já está indo para a escola? Que gracinha!

Beijo!

Bruno disse...

Por favor, Dani, agora conta pra gente que é mentira!

Bi disse...

Affff....
Que pessoa sem noção!!!!
Eu sei como é complicada a fase de tirar a fralda.
Compramos um penico que toca musiquinha toda vez que a criança faz o número I ou II, pra incentivar... o Nicholas começou a fazer bonitinho, devia ter 1 ano e 8 meses, mais ou menos. Aí a mãe aqui foi pedir pro pai comprar aquelas fraldas tipo cuequinha, pra facilitar na hora de tirar. Quando ele chegou com o pacote das tais fraldas em casa, e o Nicholas viu, ficou doido! As fraldas tinham o desenho do Buzz Lightyear (Toy Story) que ele A-DO-RA! Resultado: esqueceu do penico e só quis saber de fazer tudo na fralda de novo. Se tentamos colocá-lo no penico, chora como se fosse tortura.
Aprendi que tudo tem o seu tempo. Que mesmo com 2 anos já, por mais que a criança já esteja grande, entenda e avise, a fralda só será tirada na hora em que a criança se sentir à vontade pra isso, e não quando os pais quiserem.
Aos pais, o meu conselho: quanto mais se força, mais a criança "trava". Então deixe que seja na hora dela!!!! ;)