08 maio, 2011

Sentimentos de mãe

Hoje é dia das mães.

E eu só fui entender totalmente a importância desse dia depois que me tornei mãe.

E virei uma baita mãe coruja, babona e bobona.

E fiquei meio neurótica, vivo pensando nos meus filhos, como devo criá-los, o que eu posso fazer pra deixar eles felizes... Fico tentando ser a melhor mãe do mundo. Mas será que isso existe?

Passei também a entender melhor a coruja-mor, a minha mãe, que por ela viveria sempre com os filhotes em baixo das suas imensas asas. Agora entendo melhor como ela sempre nos perdoa. Como ela sempre nos dá apoio. Como ela quer que a gente seja feliz!

Porque agora eu sinto igual. Se eu tivesse que definir o sentimento de ser mãe em algumas palavras elas seriam: saudade, responsabilidade, orgulho, angústia, carinho, preocupação, alegria, calor, brincadeira, canseira, beijo, abraço apertado, euforia. Ou seja: amor!

Depois que virei mãe entendi o quão profundo pode ser o amor.

Graças à Nina e ao Rafa, que sem dúvida são a luz que ilumina a minha vida!



Obrigada, meus amores, por existirem!

Parabéns a todas as mães do mundo!

5 comentários:

Silvia disse...

Parabéns mamãe... com certeza vc é uma ótima mãe!

Ariel Martins disse...

Sempre ótimos textos, Dani.

Parabéns...

Denis disse...

Os seus filhos podem reclamar de tudo, menos da mamãe deles que é super legal!!

Bi disse...

Feliz dia das mães (atrasadinho), Dani!
A mãe perfeita provavelmente não existe, mas a gente tenta fazer o melhor que pode, né?
E pela carinha deles, assim, tão felizes, só podem ter uma mãezona mesmo!

Beijão e parabéns pelos filhotes lindos! ;)

Je disse...

Feliz dia das Mães Dani!
E concordo com o Denis, vc é uma ótima mãe!

Beso